fbpx

Riscos do empreendedorismo

por Patricia Lane

Empreender é como começar algo novo todo dia. Você não tem muita segurança, na verdade quase nenhuma.

Na maioria dos profissionais que arriscam empreender, a realidade que os cerca é de escassez. Muitos nao conseguiram uma boa colocação profissional, outros foram demitidos.

O empreendedorismo no Brasil é encarado como uma economial informal que pode salvar uma pessoa, ou na maioria das vezes, uma familia das dificuldades finaneiras. Portanto, o quadro que se desenha não é só de informalidade mas, de despreparo para competir no mercado, e de fato gerar resultados e subsistir.

Nesse cenário, as mulheres são maioria. A dificuldade natural inerente na vida de uma mulher traça seu perfil profissional.
Em sua maioria, pouco estudo, dona de casa, precisa de uma renda extra então começam a desenvolver negócios de forma autonoma e desconectadas do eco sistema. Evidentemente que essa economia informal gera subsidios, para que, em alguns casos surjam oportunidades efetivamente comerciais e uma minoria se estabeleça.

Com o número extremo de desempregados no Brasil, o capital humano é um recurso vasto, mas, quase sempre sem preparo técnico para empreender. Empreendedorismo nasce da necessidade de inovação aliada a busca de sustentabilidade, e nesse momento do pais, o que vemos é a necessidade de sustentabilidade gerando empreendedores que por falta de preparo, estrutura, planejamento, conhecimento em pouco tempo entram no vermelho.

A principio, a solução para essa questão é planejamento estratégico. Tudo que um profissional empreendedor precisa saber sobre seu negócio passa pelo planejamento estratégico. Do ponto de vista técnico ao operacional é necessário construir um planejamento estratégico. Resultado financeiro é o topo da pirâmide. Começar requer conhecimento do ramo, custo de implantação, marketing, gerenciamento das rotas do negocio, auto gestão, gestão de pessoas, amparo tecnológico, foco e tudo isso é essencial.

O diferencial de um empreendedor precisa ser sua visão de mercado. Ampliar seus contatos diariamente e oferecer ao cliente segurança na entrega do serviço ou produto. O micro e pequeno empreendedor, mais do que qualquer gigante do mercado precisa conhecer seu cliente, suas expectativas e demandas.

Para empreender precisa se ter mais que uma necessidade de ganhar dinheiro, precisa se desejar de verdade fazer a diferença na vida das pessoas.

por Patricia Lane

Patricia Lane é gestora da Rede Sempre TV, coach de oratória, palestrante motivacional e escritora. Formada pela UFBA e pós graduada pela UCB/RJ

@oratoriadesucesso.tv
cfconsultoriainloco@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *