fbpx

O leilão do 5G e os impactos da tecnologia de quinta geração estão entre os principais temas a serem debatidos durante o evento
Futurecom Digital Week também contará com a experiência do Metaverso, tendência em ascensão entre as grandes corporações do mercado de TI

São Paulo, novembro de 2021 – Com uma programação robusta em torno dos desdobramentos do mercado com novas tecnologias, superação de momentos desafiadores por meio da conectividade e infraestrutura social com visão no futuro, o Futurecom Digital Week – Think the future, think ahead – traz grandes nomes do mercado e autoridades para debater temas relevantes e atuais, que protagonizam a transformação digital em várias verticais de negócios – Tecnologia, Telecomunicações, Governo, Payments, entre outras. O evento acontece de 8 a 11 de novembro, 100% online.

No primeiro dia, das 9h30 às 10h20, a palestra com a futurista Amy Webb vai abordar “Tendências Tecnológicas emergentes: o que esperar para 2030?”. Trata-se da primeira experiência que levará os participantes a vivenciarem o Metaverso 1.0 FuturecomJá a abertura oficial será às 10h30, quando Hermano Pinto, diretor de Tecnologia e Infraestrutura da Informa Markets, conversará com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, sobre “5G e os impactos na sociedade”“A conectividade habilitada pelo 5G pode ajudar a reduzir gargalos de infraestrutura e de cidadania. Muita coisa que hoje ainda é complicada (ou até inviável) será simplificada e acelerada com o 5G”, destaca Hermano Pinto.

Ao longo do primeiro dia, os participantes também poderão acompanhar discussões sobre a retomada dos negócios e a digitalização, a contribuição do 5G na transformação digital, democratização da conectividade, inclusão digital, como os provedores de serviços de internet podem agregar novos serviços e ampliar receitas, além do Meet-up “Garantindo o bem-estar do cidadão através da gestão pública baseada na inteligência de dados”, que reunirá André Renato Facchini, diretor do Departamento de TIC do Estado do Rio Grande do Sul; Pedro Calixto, diretor de Desenvolvimento Tecnológico da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais; Rodrigo Michel de Moraes, subsecretário de Tecnologia da Informação do Governo de Goiás; Fernando Trincado, secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo, Tecnologia e Inovação da Prefeitura de São Caetano do Sul, e  Marcos Coseglio, diretor de vendas da SES. O Meet-up será moderado por Fernando Rabelo, gerente da BrasilLAB.

No segundo dia do evento, um tema inovador e essencial no mercado: IoB – Internet do Comportamento. A partir das 9h40, o webinar “O uso da Internet do Comportamento (IoB) na oferta eficaz e eficiente de produtos e serviços” contará com a participação de Attila Martins, chief Artificial Officer do Grupo Boticário, e Luiz Médici, VP de Dados e Inteligência Artificial da Vivo, sob a moderação de Lyzbeth Cronembold, CEO da Changers. Ao longo do dia, os convidados da segunda edição do Futurecom Digital Week trarão para o centro do debate assuntos como a revolução do setor elétrico, da virtualização à ‘cloudficação’ das redes, novos patamares de inovação e competitividade para o agronegócio, redes corporativas privadas 5G, hiperautomação, bem como democratização do acesso à saúde, resiliência cibernética e indústria 4.0. 

Na quarta-feira, 10/11, um dos destaques é o painel “Novas oportunidades, aplicações e modelos de negócios com o 5G”, com a participação do Paulo Cesar Teixeira, CEO das Unidades de Consumo e PME da Claro; Sun Baocheng, CEO da Huawei; Niall Norton, general Manager da Amdocs, e Hugo Ramos, chief Regional Technologist Latin America da Commscope, que irão discutir modelos de negócios, infraestrutura, investimentos e conectividade, sob a moderação do jornalista Gustavo Brigatto, fundador e editor-chefe do Startups.

A trilha Payments também terá um grande peso na programação do 3º dia do evento, com a abordagem da revolução da relação de pagamentos com a expansão do PIX, a evolução de open banking para open finance e a ampliação da inovação para um sistema financeiro aberto. Já o último dia do evento priorizará o debate sobre Edge Cloud Computing como habilitadora das novas arquiteturas de TI, futuras gerações de redes fixas na era 5G, redes corporativas híbridas e a integração do 5G e da Inteligência Artificial das Coisas (AIoT), que contribuirá para a criação de negócios inovadores. “Construindo adaptabilidade e agilidade nas organizações em cenários extremamente incertos” será o tópico do webinar de encerramento do evento, que reunirá Felipe Rizzo, diretor geral da WeWork; Tomaz Oliveira, diretor executivo de Alianças Estratégicas da Embratel; Rogélio Golfarb, vice-presidente de Estratégia, Comunicação e Relações Governamentais da Ford na América do Sul, e Alexandre Santos, CTIO da Light. A moderação será realizada pela jornalista Tatiana Schnoor, responsável pela área de vídeo do Valor Econômico. 

Além de todas as palestras e painéis, os participantes poderão acessar estandes virtuais das empresas patrocinadoras do evento. Estarão nesta segunda edição do Futurecom Digital Week: Facebook Connectivity, Dell, Ford, Huawei, IBM, Icarotech, Mastercard, Nokia, Oracle, ABINC, Amdocs, Infinera, Red Hat, EY, V.tal, Commscope, Connectoway, Pipefy, Novadax, QMC, Internexa, CSGI, TBNET, DENODO, Inatel, Prysmian, TelcompAmerican TowerKPMGNGENASERASASES, Globonet, ADVA, Docusign, ETSI, Padtec, entre outras.

By rt360