fbpx

Novo Normal: Digisystem adota medidas que transformam o dia a dia dos colaboradores e aumentam a segurança no período pós-pandemia

Entre as principais iniciativas tomadas pela companhia está a adesão do home office permanente para 80% da equipe do escritório

O cenário vivenciado no Brasil desde março deste ano com a pandemia do COVID-19 trouxe inúmeras mudanças às empresas do país. De acordo com recente pesquisa da consultoria Betania Tanure Associados (BTA), que ouviu 359 empresas brasileiras, 43% delas adotaram o home office como principal medida de prevenção contra o Coronavírus, sendo que entre essas empresas, cerca de 60% dos funcionários estão trabalhando de casa. Preocupada com a segurança de seus colaboradores, a Digisystem, companhia brasileira fornecedora de soluções de negócios baseadas em tecnologias avançadas que ajudam as empresas a passarem pela jornada da transformação digital, não hesitou ao adotar medidas importantes de prevenção contra o contágio do vírus.

Uma das primeiras mudanças, logo no início da quarentena, foi a dinâmica e o formato das reuniões, onde foi criado um comitê de crise para alinhar e discutir os pontos a serem tratados em cada área da companhia, e assim poder definir todas as ações a serem implantadas a fim de não impactar na produtividade e manter a qualidade do atendimento aos clientes. Outra medida imediata foi a transferência de 100% dos funcionários para o modelo home office.

No período em que toda a equipe estava trabalhando de casa, a sede da companhia foi modificada e preparada com todos os protocolos de segurança e adequações necessárias para o retorno gradativo dos colaboradores. A empresa disponibilizou álcool gel e máscaras em todos os postos de trabalho, reorganizou as posições das cadeiras e mesas para respeitar uma distância mínima de dois metros de distância entre as pessoas e, por fim, realizou a instalação de dois aparelhos aferidores de temperatura na recepção do escritório.

De acordo com o Vice-Presidente da Digisystem, Luiz Claudio Aguiar, todas essas adequações e mudanças aferidas pela companhia são de grande importância primeiramente para o bem-estar e segurança dos colaboradores e, consequentemente de seus familiares. “Tudo ainda é muito novo e não sabemos o que virá pela frente. Por enquanto, a certeza que temos é que o nosso novo normal está sendo a capacidade de solucionar problemas complexos de maneira criativa, utilizando a tecnologia como pilar para sermos cada vez mais produtivos e eficientes, prezando sempre pela segurança da nossa equipe”, completa Aguiar.

Home office permanente

Atualmente, 90% dos funcionários da Digisystem continuam trabalhando remotamente. No entanto, a diretoria da empresa já decidiu adotar essa política como prática permanente para 80% da equipe do escritório e, para os profissionais alocados, essa porcentagem deve variar de acordo com a necessidade dos clientes. Aguiar explica que o que os levou a tomar essa decisão foi a melhora na produtividade, as reuniões mais efetivas e até mesmo uma melhor e maior disponibilidade de agendas, fatores observados durante o período de quarentena. “Além de proporcionar uma melhor qualidade de vida aos colaboradores, eliminando tempo de deslocamento ao escritório e podendo reutilizar esse tempo em outras atividades, a adoção do home office traz para a Digisystem uma redução de custos significativa”, garante o executivo.

Com o novo modelo para a maior parte da equipe, o escritório seguirá seguindo as melhores práticas de segurança para os profissionais que atuarão fisicamente na empresa. Aguiar acredita que com o home office permanente o dia a dia não será mais o mesmo. “A liberdade, autonomia e o método de cobrança serão diferentes e mais ágeis, as rotinas serão bem menos engessadas e as pessoas estarão muito mais disponíveis sem perder a produtividade”, garante.

O cenário pós-pandemia

É uma verdade universal que a pandemia alterou a forma de viver, trabalhar e agir de todas as pessoas. No mundo empresarial, as companhias precisarão ser muito mais efetivas em seus processos digitais e automações. Há alguns anos, a Digisystem vem avançando no processo de automação e transformação digital, portanto, todo esse cenário contribuiu para a aceleração e antecipação de todas as implantações. Aguiar ressalta que nessa retomada econômica, as empresas que evoluírem em sua jornada de transformação digital provavelmente terão algumas dificuldades pelo caminho e, com isso buscarão ajuda para adequarem-se. “Essas empresas precisarão do auxílio de companhias como a Digisystem, que já está em um nível tecnológico mais avançado, portanto, estamos na expectativa de que boas oportunidades de negócios surgirão após o término da pandemia”, finaliza o executivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *