fbpx

Você quer começar a tornar a sua casa inteligente, mas tem muitas dúvidas? Existem tantos mitos e verdades sobre o tema, que nós queremos ajudar você a entender mais sobre esse assunto.

Afinal, as casas inteligentes estão se popularizando e dentre as vantagens que elas oferecem podemos citar: comodidade, praticidade, conforto e segurança aos moradores, as quais são geradas pela integração entre dispositivos. 

No entanto, é comum que as pessoas fiquem inseguras sobre essa tecnologia, uma vez que não conhecem os itens, as funcionalidades, a instalação, valores, etc. Para acabar de vez com isso, elaboramos um conteúdo com mitos e verdades sobre casas inteligentes. Acompanhe!

“Tomadas inteligentes podem ajudar a diminuir a conta de luz” 

VERDADE. As tomadas inteligentes são como adaptadores que se encaixam nas tomadas comuns. Assim, as tomadas ou conectores smart permitem que alguns tipos de equipamentos, os quais antes ficavam ligados 24 horas, sejam programados para ligar ou desligar em determinados horários por meio de um aplicativo para smartphone. 

E , dessa forma, podem ajudar a diminuir a conta de luz porque é possível monitorar o consumo de energia dos eletrodomésticos conectados a ela e programar rotinas para desligar um equipamento após ele atingir determinado consumo de kWh

“Equipamentos inteligentes são complicados e caros”

MITO. “É complicado. É caro. Então, não é pra mim” – NÃO! O mercado  de tecnologias para residências acaba gerando certa resistência aos consumidores, principalmente pela falta de conhecimento sobre a simplicidade na utilização de produtos smart. 

Os equipamentos inteligentes são projetados para a fácil instalação, utilização e para gerar economia para a residência.  Não é preciso quebrar parede, o custo é acessível e dá para equipar a casa aos poucos, de acordo com os seus objetivos, sem necessidade de destinar um orçamento alto de uma vez só. 

A possibilidade de controlar vários dispositivos remotamente, por meio de um aplicativo, traz ainda mais comodidade aos moradores. Por exemplo: comandar e programar o acionamento do ar-condicionado, das luzes, da televisão, da máquina de lavar roupas, entre outros com apenas alguns toques na tela do smartphone. 

Pensando na proteção da casa, dentro de um sistema de segurança residencial WiFi, por exemplo, há vários equipamentos de custo acessível que podem ser adquiridos, prevenindo riscos à propriedade.

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre Casa Inteligente e suas tecnologias

“É possível transformar aparelhos comuns em dispositivos inteligentes”

VERDADE. Existem diversos equipamentos que permitem transformar aparelhos residenciais em dispositivos para casas inteligentes, como:

  • Conector Smart: transforma tomadas comuns em tomadas inteligentes, o que permite o controle remoto e medição de consumo dos dispositivos conectados a ela, seja via aplicativo ou comando de voz (no smartphone ou smart speaker);
  • Smart box: converte o televisor antigo em uma smart TV, permitindo aos moradores assistirem/ouvirem às principais plataformas de streaming de filmes, séries, vídeos e música;
  • Soquete smart: transforma uma lâmpada comum, com bocal E27 de até 60W, em uma lâmpada smart, permitindo o acionamento remoto da iluminação. Além disso, é possível agendar horários para que as lâmpadas se acendam e se apaguem, simulando presença nos ambientes;
  • Smart controle universal infravermelho: centraliza todos os controles remotos em um único aparelho, ou seja, é possível controlar televisão, ar-condicionado e outros dispositivos infravermelho utilizando um aplicativo.

Leia também: Vantagens da automação residencial que talvez você não saiba

“É possível mudar canais da TV por comando de voz”

VERDADE. Você pode comprar para comandar por voz o seu televisor: o smart box (o qual promove a inteligência em dispositivos tradicionais, como os modelos de tubo) e o smart speaker (o qual pode ser integrado à smart TV para possibilitar os comandos por voz). 

Ou seja, existem dispositivos que já possuem inteligência embarcada e aqueles cuja função é ajudar a adaptar e controlar outros para que operem de modo inteligente.

“Equipamentos inteligentes são apenas acessórios e não otimizam tarefas do dia a dia” 

MITO. Muitas tecnologias foram consideradas artigos de luxo inacessíveis no passado e, hoje, são itens extremamente comuns na vida de milhares de pessoas, como é o caso do microondas, das TVs, dos smartphones, etc.

Os dispositivos inteligentes são grandes aliados na praticidade do dia a dia e podem se adequar facilmente à rotina dos moradores, promovendo segurança, economia e comodidade às tarefas. Sendo assim, não se trata apenas de entretenimento, e sim, um conjunto de tecnologias que também podem proteger e cuidar da família.

Para melhor adaptação, os produtos podem ser adquiridos aos poucos, instalados na casa pelo próprio morador e adicionar outras soluções posteriormente. Experimente trocar ideias com quem já possui pelo menos um equipamento smart e tire suas conclusões. 

Fonte: https://blog.intelbras.com.br/mitos-e-verdades-sobre-casas-inteligentes/

By rt360