fbpx

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), anunciou uma parceria estratégica com a IBM para oferecer capacitação tecnológica para 10 mil estudantes nos próximos cinco anos.

Por meio do programa Trilha para o Futuro, alunos e professores de unidades Embrapii poderão ter acesso aos cursos da IBM Skills Academy, que englobam as mais diversas áreas de tecnologia, dentre elas cloud híbrida, inteligência artificial (IA), cibersegurança, internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) e computação quântica.

A ideia é capacitar profissionais em formação, do curso técnico à pós-graduação, para carreiras tecnológicas demandadas pelo mercado de trabalho.

“A colaboração com a IBM vai potencializar nossas ações de capacitação dos jovens com as habilidades mais solicitadas por diferentes indústrias na área tecnológica”, disse Jorge Guimarães, diretor-presidente da Embrapii. “Os cursos da IBM vão contribuir para que os estudantes possam levar suas carreiras para o próximo nível de formação técnico-científica e vão ajudar também professores a ampliar conhecimentos e continuar educando as novas gerações de talentos profissionais.”https://s.dynad.net/stack/928W5r5IndTfocT3VdUV-AB8UVlc0JbnGWyFZsei5gU.html

O anúncio da parceria foi feito, na quarta-feira (31), pelo ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, em cerimônia online.

Atualmente, há 26 unidades da Embrapii, distribuídas em universidades, institutos federais e estaduais do Brasil, como Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), entre outras.

Trilha para o Futuro

O programa IBM Skills Academy tem curadoria do time global de pesquisadores de IBM Research.

Os cursos serão virtuais e gratuitos. Cada um possui 75 horas e serão orientados por demandas práticas de mercado, com currículos estruturados majoritariamente em linguagens abertas.

Além de alunos e professores das unidades Embrapii, medalhistas de destaque, da Olimpíada Brasileira de Matemática, por exemplo, também poderão se beneficiar da parceria.

“Na IBM, acreditamos que as colaborações com todo o ecossistema educacional, composto por parceiros, governo, instituições educacionais e setor privado, são fundamentais para posicionar o Brasil em um caminho de crescimento, desenvolvimento e por uma sociedade mais igualitária”, afirmou Katia Vaskys, gerente geral da IBM Brasil.

Via: Embrapii e MCTI

Fonte: Olhar digital