fbpx

A computação em nuvem é hoje um recurso básico para qualquer empresa de tecnologia, esse conceito aposentou os complexos e caríssimos datacenters nas empresas e facilitou o acesso a infraestrutura de qualidade, configurável em poucos cliques e a um custo extremamente baixo.

Entretanto, ainda existem alguns problemas fora do nosso controle, apesar de toda a estabilidade da infraestrutura em nuvem, ainda vemos nos dias de hoje, empresas com problemas devido a falhas serviço escolhido na nuvem.

Considerando que a computação em nuvem nem é mais uma tendência, e sim o padrão do mercado, o que fazer para garantir a alta disponibilidade das suas aplicações?

O segredo é simples, mas aplicado por poucas empresas.

Devemos seguir a mesma analogia do mercado financeiro: Para minimizar riscos, evite colocar todos os ovos em uma mesma cesta.

No mercado financeiro, é recomendado que você diversifique os seus investimentos para minimizar os impactos caso um deles tenha algum tipo de desvalorização.

Na computação em nuvem, o conceito é o mesmo: Apesar de ser um serviço online, fornecedores como a AWS (Amazon Web Services) e DO (Digital Ocean) possibilitam que você escolha em qual região (fisicamente) a sua máquina virtual será configurada.

Se a sua aplicação suportar essa fragmentação, é recomendado que você diversifique os locais onde a sua aplicação estará. É um mito imaginar que ao dividir uma aplicação em vários locais você terá algum tipo de latência, pois a comunicação entre regiões nesses serviços, é de altíssima qualidade.

O mesmo acontece com o armazenamento de dados, acredite: Suas informações estão muito mais vulneráveis no disco do seu laptop ou desktop do que em serviços como o Google Drive, por exemplo.

Mas lembre-se: De tempos em tempos presenciamos eventos de quebra de serviços que afetam milhões de aplicações ao redor do mundo, para se proteger disso, escolha com atenção a região onde sua aplicação será instalada, escolha um fornecedor de qualidade e diversifique os locais.

E se você ainda não utiliza serviços na nuvem pense a respeito!

Por Edson Moreira