fbpx

Quer ter sua playlist favorita do Spotify transmitida em simultâneo por toda a sua casa? Gostaria de apagar todas as luzes de casa apenas por comando de voz? E se você pudesse abrir a porta da garagem enquanto dirige pela rua? Isso tudo é possível! A automação residencial pode fazer isso e muito mais! 

Com os dispositivos certos e profissionais treinados, você pode ter toda a sua casa conectada. Afinal de contas, a automação residencial voltada a casas inteligentes já não é mais algo que você encontra apenas em filmes de ficção científica ambientados em um futuro distante. Hoje em dia, você pode ter quase todos os aspectos de sua casa em São Caetano do Sul conectados à sua rede de internet.

E provavelmente, você já usa alguns dos recursos de uma casa inteligente todos os dias. Se você tem uma cafeteira com temporizador ou sistema de irrigação que dispara quando você está fora da cidade, isso é automação. Mas essa é apenas a ponta do iceberg! Então, estamos aqui para ajudá-lo a encontrar as soluções para uma casa inteligente que possam funcionar pra você. Confira algumas possibilidades neste post! 

1. O que pode ser automatizado numa casa?

Quase tudo que for eletrônico pode ser automatizado em sua casa. A grande questão não é o que pode ser automatizado, mas o que deveria ser. Indivíduos com muitos recursos podem levar isso ao extremo. Por exemplo, Bill Gates tem sua casa inteira conectada, até por pinos com microchip que armazenam dados sobre os níveis de iluminação preferidos, música, temperatura e muito mais para visitas. 

Para uma pessoa que não é bilionária, isso está um pouco fora de questão. Mas não pense que você não pode se dar ao luxo de ter produtos personalizados para automação. Felizmente, há muito por onde escolher e as opções aumentam a cada dia. Um dos produtos mais práticos e amplamente utilizados é um sistema de segurança residencial inteligente. 

Normalmente, isso inclui câmeras que você pode acessar remotamente e um sistema de alarme que pode ser definido a partir de seu telefone. Você pode atualizar seu sistema adicionando travas inteligentes também, que são incrivelmente úteis se seus filhos chegarem da escola antes de você ou se você precisar deixar um técnico entrar. Além da segurança, um dos maiores atrativos da automação residencial inteligente é a sustentabilidade. É sempre uma boa hora para começar a pensar verde, e uma casa inteligente pode ajudar nesse sentido de cuidado com o meio ambiente! 

Sustentabilidade e segurança vêm juntas com iluminação doméstica inteligente. Garantir que todas as luzes estejam apagadas é obviamente ótimo para o seu uso de eletricidade, mas tem outras aplicações. Se você mora sozinho ou costuma ir para uma casa vazia, ser saudado por uma casa escura e sem iluminação pode ser assustador! E não apenas perto do Halloween. Com o equipamento certo, você pode ter suas luzes acesas, pois detecta seu smartphone chegando na garagem. 

2. Como funciona a automação residencial sem fio? 

Digamos que você esteja lá embaixo relaxando após um longo dia e queira ter certeza de que a luz do quarto do seu filho está apagada à noite. Não seria bom fazer isso por meio de controle sem fio em vez de ter que caminhar de volta para cima? Isso é automação residencial sem fio. 

A automação residencial sem fio funciona com a implantação de equipamentos de baixo consumo que podem enviar e receber informações, como sensores de luz que detectam o sol nascente e enviam comandos para abrir as cortinas do quarto automaticamente. 

Você pode ter ouvido o termo Internet das Coisas ou IoT. Refere-se aos dispositivos sem fio (como termostatos inteligentes) para os quais os proprietários podem acessar dados e enviar comandos remotamente por meio de uma conexão com a Internet. As configurações de automação residencial geralmente incluem dispositivos IoT.

3. A tecnologia de automação residencial sem fio continua crescendo

Os desenvolvedores continuam a criar e melhorar suas ofertas de tecnologia sem fio. Alguns protocolos de rede sem fio têm padrões abertos para que qualquer fabricante possa criar dispositivos que funcionem com eles. 

Outros sistemas são proprietários, o que significa que você terá que continuar trabalhando com o mesmo fabricante do produto para manutenção e quaisquer alterações ou atualizações potenciais em seu sistema. Trabalhar com um parceiro experiente de automação residencial que se mantém atualizado e segue as melhores práticas do setor é essencial para determinar o melhor sistema para sua casa e a configuração que você deseja.

A maioria das aplicações domésticas inteligentes pragmáticas que discutimos são óbvias e já existem há algum tempo. O que as pessoas sempre quiseram ver são os enfeites – as coisas que talvez não sejam realmente necessárias, mas podem tornar sua vida muito melhor. Felizmente, muitos deles já estão disponíveis e avançam a taxas incríveis. 

De cafeteiras a crockpots (panelas elétricas), muitos eletrodomésticos estão sendo feitos para funcionar sob comando do seu telefone, e os produtos de assistência doméstica tornam tudo isso ainda mais fácil, seja num apartamento em São Caetano do Sul como também numa grande casa em condomínio fechado. 

Com a Amazon Echo, por exemplo, você pode conectar centenas de produtos ao seu telefone e operá-los com um comando de voz, conversando com a assistente Alexa. Isso vale para suas luzes, seu termostato e até mesmo sua televisão. 

E mesmo que seus dispositivos não sejam “inteligentes” – há uma série de plugues que podem transformar o abajur favorito da vovó em um aparelho inteligente! Como todos esses produtos são feitos por empresas diferentes, eles nem sempre interagem muito bem. Sua cafeteira pode funcionar em um aplicativo e as luzes em outro. No entanto, eles ainda podem se conectar ao mesmo telefone, sendo um pequeno inconveniente, no máximo, mas uma excelente solução.

Quase tudo pode funcionar sem fio e, para que sua casa esteja segura, é necessário contratar um profissional experiente para que tudo funcione perfeitamente bem. A automação residencial inteligente já percorreu um longo caminho. Ele ainda precisa ir mais longe em termos de coesão do sistema, mas a tecnologia moderna adjacente alivia quase tudo isso. 

Talvez você ainda não esteja pronto para ter uma casa totalmente inteligente – mas tenha a certeza de que essa tecnologia será padrão em um futuro próximo. Por quê não começar aos poucos? Pense nisso! Enquanto isso, compartilhe este post com sua redes de contato!

By rt360