fbpx

Atividade Essencial – Mexa-se! Não espere sua empresa quebrar. 6 Passos para Potencializar seu Negócio

Se sua empresa é Atividade Essencial e ainda está parada, ou, está voltando as atividades, mas em ritmo lento, é hora de tomar ações para acelerar seus negócios e evitar que sua empresa fique para trás no período de pandemia / pós-pandemia.

Confira algumas dicas de como potencializar seu negócio:

1 – Transformação Digital: Reposicione sua Marca

Um novo tempo exige mudanças, e sua marca precisa demonstrar que também passou por transformação.

Mais do que nunca suas ações precisam focar além da solução técnica, na preservação da saúde dos seus clientes.

Invista no Redesign da sua marca, pois quem não partir para uma Transformação Digital agora, ficará para trás de vez!

Procure ajuda de um Profissional de Marketing, invista nas mudanças necessárias e comece a divulga-las a seus clientes através de E-mails Marketing, Site e Redes Sociais.

2 – Mantenha-se próximo da sua Carteira de Clientes Atual

É muito importante estar próximo aos clientes, marcar presença, sempre ressaltando que sua empresa tem suas atividades consideradas essenciais (Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020).

Em um mercado que está cada vez mais competitivo, o que mais vamos ver serão: empresas parecidas, vendendo os mesmos produtos e serviços, competindo entre sí pelo mesmo cliente.

As negociações serão acirradas, e seguramente levará o negócio quem estiver preparado para ouvir mais o cliente, sabendo identificar suas reais necessidades e dores, ofertando a melhor solução, conhecendo de fato com quem está falando, estudar a fundo a empresa a qual está se relacionando e quem fizer o melhor acompanhamento dos processos de vendas junto ao cliente.

O “Novo Normal” exige muito mais do que conhecimento técnico de produtos, é preciso se profissionalizar também comercialmente.

O cliente final agora está mais exigente, o volume de informação sobre produtos é grande e de fácil acesso a todos.

Hoje, o cliente final chega preparado para a compra, não há mais espaço para amadores comercialmente falando, e é por isso que precisa dominar os argumentos e saber colocá-los nos pontos certos na hora da negociação.

3 – Amplie seus Negócios

Além de revisitar sua carteira de clientes atual, o momento é de fazer prospecção de novos clientes, e para ampliar os negócios é preciso ter atitude e disciplina para se lançar na busca por informações:

• Identificar via sites de pesquisas e redes sociais, os telefones e endereços das empresas, sempre avaliando o segmento chefe de atuação;
• Buscar CNPJ afim de levantar dados cadastrais, validando no site da Receita Federal e SINTEGRA, assim é possível identificar se a empresa é ativa ou não;
• Quando consultamos o CNPJ na Receita Federal e possível identificar a Data de Fundação da empresa (o tempo de abertura de uma empresa é fundamental para qualificar seu lead), além dos nomes completos dos sócios, na consulta de QSA;
• Utilizar Google Maps para avaliar a estrutura das empresas, e, em casos potenciais agendar visitas;
• Estabelecer contato continuo com os clientes, apresentando aos clientes soluções e benefícios inerentes ao negócio;
• A nível de CRM, recolher qualificação, cargos, e-mail, celulares e redes sociais dos clientes, a fim de afinar o relacionamento de maneira mais completa;

Tudo isso feito de forma organizada e intensa trará ótimos resultados!

4 – Relacionamento Humano é Fundamental

Nos últimos anos, o uso da tecnologia como meio exclusivo de comunicação, fez com que o nível de relacionamentos entre empresas e seus clientes se intensificasse, a gestão fica cada vez mais precisa!

O contato eletrônico passou de coadjuvante a meio principal de contato sem percebermos.

Os contatos eletrônicos serão tão intensos a partir de agora, que, as empresas que souberem dosar o contato eletrônico com o contato humano, levarão a melhor, ou seja, o que vende de verdade é o relacionamento entre pessoas!

Os meios eletrônicos são mais que necessários, mas a dependência desses meios, faz com que a maioria dos profissionais de vendas, criem uma espécie de pânico na busca de uma relação mais humana com o Consumidor Final.

Existem profissionais de vendas que sentem medo de fazer uma simples ligação telefônica para seus clientes. Uma ligação telefônica é uma forma mais humana de relacionamento, nela podemos sentir a reação dos clientes, avaliando o seu tom de voz, por exemplo.

Outro exemplo são a visitas, aquelas onde o olho no olho fala mais que os “textões” promocionais que hoje todos recebem. É preciso fazer uma reflexão sobre o tema: Contato eletrônico deve ser ferramenta, e não o meio principal de contato.

5 – Mão de obra limpa e qualificada:

Com a flexibilização do isolamento social, será cada dia mais forte a retomada das atividades, com isso, é muito importante que sua empresa sinalize ao mercado que está preparada para esse momento. Além da qualidade técnica, evidencie que sua empresa está preocupada com a saúde de seus clientes.

A principal preocupação dos Consumidores Finais na contratação de serviços é com a forma com que os serviços serão realizados, portanto, adote como prática e divulgue que sua equipe implantou:

• Uso de máscaras de proteção em 100% do tempo em que o serviço for executado;
• Lavagem frequente das mãos, utilizando água e sabão, ou, uso de álcool em gel 70%;
• Não há contato físico, como apertos de mão ou abraços;
• Em caso de contato com qualquer objeto do local de trabalho, realizamos a imediata higienização dos objetos tocados;
• Não compartilhamento de objetos de uso pessoal entre nossos colaboradores;
• Evitar aglomerações e manter os ambientes de trabalho o mais arejado possível;

São práticas simples e necessárias para o novo cenário, adotar e divulgar essas práticas dará mais credibilidade no fechamento dos negócios já existentes e terá outro peso na decisão durante as suas novas prospecções.

E para um pós-vendas de sucesso, é necessário aplicar de fato essas ações, isso aumentará e muito as chances de possíveis indicações de serviços a outros consumidores.

6 – Sua empresa está entre as Atividades Essenciais para a Sociedade:

Muitos instaladores e revendedores de tecnologia não se deram conta que era possível se manter na ativa e, a falta de informação desses Instaladores e Revendedores, fez com que o Consumidor Final não soubesse que os setores de Segurança, Telecomunicações, Internet e Construção Civil são atividades consideradas essenciais.

Divulgue com força a seus clientes, que é possível a contratação dos serviços, mencionando o texto abaixo:

A contratação dos nossos serviços é possível pois “contratante/contratada” estão resguardados pela Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020.

“ O Governo Federal, através da Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, definiu os serviços públicos e as atividades essenciais, no Artigo 3° estão listados os serviços dos mercados de tecnologia, são os itens III,VI e LIV:

III – atividades de segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos;
VI – telecomunicações e internet;
LIV – atividades de construção civil, obedecidas as determinações do Ministério da Saúde; e (Incluído pelo Decreto nº 10.342, de 2020)”

Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/decreto/D10282.htm

Além de revisitar seus clientes, também pode ser o melhor momento para ampliar sua carteira de clientes, pois muitos que concorrem com sua empresa, não estão abertos a fazer mudanças, e nem tão antenados às informações, esses, certamente não estarão em contato com a própria carteira de clientes.

Quem evidenciar a preocupação com a saúde dos clientes, e, mostrar a importância da sua atividade para a sociedade, sairá na frente nesse momento.

Bons Negócios e Pra Cima Deles!

Por Fabio Cometti

Especialista em Formação de Carteiras de Clientes, Gestão de Equipes e Estratégias Comerciais.
linkedin.com/in/fabiocometti