fbpx

Caminhando para quatro décadas em vendas, pude fazer uma grande reflexão durante essa pandemia.

Mesmo que seja um relato pessoal, pode de alguma forma ser válido para outras pessoas, não significa que a minha carreira foi melhor que outras, significa que foi a minha carreira, a carreira que vivi e vivo intensamente.

Durante todo esse tempo pude observar a transição entre a energia para a maturidade, mas a paixão só aumentou.

O prazer de ter conhecido tantas pessoas, de ter impactado e ser impactado, pelas experiências e vidas que pude ver e conviver.

Quanto aprendizado, mas os maiores aprendizados virão ainda.

Mudei muito, mas sempre indo ao encontro da minha essência.

Percebi que vender, não é mentir, vender é a verdade que precisa surgir.

O tempo passou, ainda passa e ainda tem muito que passar.

Vender me fez uma pessoa grata, tolerante, resiliente, persistente, sensível e antifrágil.

Prosperei financeiramente, mas isso não foi o maior ganho.

Recebi muitos “nãos”, mas eles foram o alicerce para os “sims” que recebi.

Treinei mais que “joguei”, aprendi que vontade de vender todos tem, mas a vontade de treinar, não é a todos.

Tive muitos mestres, seria injusto citar alguns e deixar outros incógnitos. Muito foram amorosos e pacientes e outros foram duros, mas todos deixaram sua marca, agradeço muito por todos eles.

Os meus pais, minha esposa, meus filhos, meus familiares e amigos, sempre estiveram ali do meu lado, me apoiando, suportando, sorrindo e chorando, isso me emociona e cria uma energia inesgotável.

Tive muito medo, em muitas situações, mas segui com medo mesmo, pois a vida é perfeita como ela é, não como eu gostaria que fosse.

Sempre confiei muito no lado bom de cada um, fui inocente em muitas situações, mas sempre deu tudo muito certo, de um jeito ou de outro.

Agradecer e aceitar é um remédio muito poderoso, assim como o tempo.

A vontade genuína de colaborar com os outros, é uma força poderosa, ela move e transforma tudo a sua volta.

Encontrei meu propósito de vida e as vendas fazem parte desse motivo maior para estar aqui, nesse plano. Os dias são prazerosos e recheados de sorrisos e vida.

Não tive tudo que eu desejei, tenho muito mais que mereço, mas possuo tudo que realmente necessito.

Uma pergunta que pode aparecer nesse momento: Então, você está satisfeito, não precisa de mais nada? A resposta é muito simples: Estou satisfeito sim, mas a história ainda não terminou, ainda tem muitas emoções pela frente.

Sou uma pessoa abençoada em tudo que faço, mesmo nos momentos mais desafiadores da minha jornada, pude sentir as bençãos sobre a minha vida. Confio muito em DEUS e Ele está no comando de tudo!

Isso que escrevo, não é um apanhado de conselhos e nem uma receita de como agir, é um simples e verdadeiro relato, sobre a minha trajetória, que me faz feliz e orgulhoso da caminhada em vendas. O que mais me alegra, é que vejo muitas páginas em branco, ainda. Tenho muito que viver em vendas ainda. Sempre sinto um “frio na barriga” quando atendo um cliente, quando ministro um treinamento e quando estou negociando, isso mostra que estou vivo e me importo com o que estou fazendo.

Por Marcel Spadoto

Consultor, professor, mentor, palestrante e especialista em vendas, gestão e networking. Diretor da iBluezone.

linkedin.com/in/spadoto

By rt360