fbpx

*Por Alexandre Slivnik

É fato que algumas pessoas começaram a empreender a partir do momento que perderam seus empregos. Atualmente, existem dados que indicam que houve uma alta na abertura de empresas como nunca existiu antes. Se por um lado partiu de uma necessidade de as pessoas desempregadas começarem novos negócios para fazerem receita, por outro existe uma grande perspectiva de média e longo prazo do Brasil ser muito beneficiado com isso.

Certamente algumas dessas empresas não irão sobreviver por conta do mercado, problemas de gestão e até mesmo uma grande necessidade de resultados a curto prazo. Mas outras, com uma boa direção, vão ganhar espaço e crescer. Aquelas que prevalecerem sobre esse momento vão gerar mais empregos e consequentemente, o pagamento de mais impostos. A partir disso, a tendência é que a economia do Brasil melhore.

Historicamente, todas as vezes em que a abertura de empresas no Brasil foi muito maior do que em anos anteriores, os anos seguintes foram de maior sucesso econômico. A necessidade das pessoas de faturarem de forma legal e organizada pode fazer muito bem para a economia do país nos próximos anos e talvez no futuro seja possível dizer que o sacrifício foi temporário, mas os benefícios são para sempre.

Existem algumas dicas importantes para aqueles que estão começando a empreender, conforme relatado abaixo.

  • PROPÓSITO. Não basta abrir uma empresa apenas pelo lucro. De certo esse é o objetivo de todos os negócios, mas esse rendimento vem com base no propósito. Como diz Simon Sinek, os clientes não compram o que você faz, mas sim porque você faz aquilo que faz. A longo prazo, o sucesso e o dinheiro virão se você tiver um propósito claro e bem definido.
  • CUIDE DO CAIXA. Muitas pessoas acabam gastando todo o valor arrecadado sem pensar em um momento futuro. Então além de não gastar, é importante guardar parte do que foi arrecadado para quando houver necessidade. Durante a pandemia muitas empresas faliram por não terem em caixa valores suficientes para sustentar essa crise. Ao guardar uma porcentagem do lucro para essas situações, empresários conseguem fôlego para sobreviver a eventuais períodos de recessão. Embora seja difícil, eu sugiro que essa reserva seja de no mínimo 2 anos, pois crises são cíclicas, quando elas ocorrem os mercados quebram, mas se reerguem até que uma nova situação parecida ocorra.
  • CUIDE BEM DAS PESSOAS. O encantamento do cliente externo é uma consequência do encantamento do cliente interno, então é fundamental que os colaboradores estejam felizes. Para ter um negócio de sucesso os clientes devem ser bem tratados e para proporcionar uma experiência positiva é extremamente importante gerar o engajamento dele e torná-lo leal.


Vale lembrar que existe uma grande diferença entre clientes fiéis e os clientes leais. O primeiro é aquele que continua comprando com você, já o segundo, além de comprar traz novos clientes. As maiores empresas do mundo são aquelas que possuem muitos clientes leais, que advogam em favor delas.

Então, se você está empreendendo neste momento, pense nesses três pilares. Primeiro, por que a sua empresa existe, vai ajudar a quem? Segundo, cuide bem do seu caixa, do seu capital, pois ele pode ser o pulmão do seu negócio em um momento difícil. E terceiro, cuide bem dos seus colaboradores, pois é impossível ter sucesso fazendo tudo sozinho.

Alexandre Slivnik é reconhecido oficialmente pelo governo norte-americano como um profissional com habilidades extraordinárias (EB1). É autor de diversos livros, entre eles do best-seller “O Poder da Atitude”. É diretor executivo do IBEX – Institute for Business Excellence, sediado em Orlando/FL (EUA). É vice-presidente da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) e diretor geral do Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento (CBTD). É membro da Society for Human Resource Management (SHRM) e da Association for Talent Development (ATD). Palestrante e profissional com 19 anos de experiência na área de RH e Treinamento. É atualmente um dos maiores especialistas em excelência em serviços no Brasil. Palestrante internacional com experiência nos EUA, África e Japão, tendo feito especialização na Universidade de Harvard (Graduate School of Education – Boston/EUA). www.alexandreslivnik.com.br.

By rt360