Tecnologias de carregamento rápido: conheça as soluções

O uso dos smartphones se tornou uma necessidade cotidiana para todos os tipos de públicos. No entanto, seus usuários, mais cedo ou mais tarde, acabam se deparando com um problema bastante comum: precisar de carregamento rápido quando se está com pouca bateria.

Para atender a demanda de recuperar o máximo de carga em menos tempo, surgiram as tecnologias de carregamento rápido, que prometem facilitar a vida de quem precisa de carga, mas não tem tempo de esperar. Elas são acessíveis e populares. Mas para aproveitá-las, é preciso entender como funcionam e quais são as opções disponíveis para escolher a solução mais indicada para sua necessidade.

Tecnologias de carregamento rápido

Falando em carregamento rápido, existem tecnologias que podem ser divididas em dois grandes grupos (além dos softwares de carregamento rápido) e estão disponíveis no mercado com diversos nomes comerciais:

Quick Charge

A tecnologia Quick Charge se baseia na comunicação entre hardwares. Dois chips trabalham no processo. Um no dispositivo móvel e o outro no carregador em si, conectados através de uma porta USB. Quando a bateria está baixa, o chip do carregador calcula a potência adequada ao aparelho, garantindo rapidez. Conforme a carga aumenta, o chip presente no smartphone envia a informação para aquele que se encontra no carregador. O chip do carregador adequa a quantidade de energia disponibilizada para a bateria, diminuindo gradativamente a entrada de corrente, otimizando o processo. As últimas versões desta tecnologia prometem carregamentos ultravelozes: 5 minutos de carga são suficientes para 5 horas de uso do dispositivo mobile. O Quick Charge é compatível com diversos modelos de dispositivos USB, inclusive USB⁠-⁠C e USB Power Delivery. Essa tecnologia está atualmente em sua versão 5.0, que conta com suporte para carregamento em 32 W e recarga sem fio por indução de 15 W, além de contar com melhorias relacionadas à diminuição da temperatura do aparelho durante a carga.

Fast Charge

Outros sistemas disponíveis utilizam um processo diferente, contando com a entrada de correntes bastante elevadas, chegando a até 5 ampères. A corrente necessária é calculada de forma semelhante à utilizada pela tecnologias de duplo chip, porém as semelhanças param por aí: o foco é o uso da corrente em grande amperagem e o trabalho é feito somente pelo chip presente no carregador. A vantagem destas tecnologias é que elas tornam possível o uso de todas as funções do aparelho durante o carregamento. A maioria delas promete preencher de 75% a 80% da carga em aproximadamente 30 minutos. Podemos dizer que qualquer carregador que possa fornecer mais de 2 ampères pode ser classificado como uma tecnologia Fast Charge.

Aplicativos

Existem aplicativos que prometem carregar os smartphones mais rápido. Estas ferramentas desativam recursos pouco usados, além de otimizar a memória RAM do aparelho. Assim, o dispositivo precisará de menos energia e a bateria pode ser recarregada de forma mais ágil.

carregamento rapido mao

Carregamento rápido para múltiplos dispositivos

Quem usa mais de um dispositivo ao mesmo tempo também está contemplado com essas tecnologias: existem opções como as estações de carregamento, que são capazes de alimentar até quatro aparelhos ao mesmo tempo de forma eficiente e até três vezes mais rápido que os convencionais. Esta solução é ideal para escritórios e outros locais nos quais seja necessário carregar diversos simultaneamente e com o máximo de eficiência.

O que esperar do futuro do carregamento rápido

Os sistemas baseados em alta amperagem já estão disponíveis de forma integrada em alguns modelos de celulares, e isso os torna bastante práticos e versáteis, sendo capazes de preencher toda a carga da bateria em cerca de uma hora e meia.

Os benefícios para o usuário são interessantíssimos e melhoram sensivelmente a experiência de uso dos smartphones, imprimindo praticidade e autonomia ao dia a dia de quem utiliza estes dispositivos. Com carregadores mais velozes, o uso cotidiano dos smartphones ganha uma nova dimensão, na qual deixam de existir aqueles longos períodos de inatividade ocasionados pela necessidade de recarga e o problema da variação de velocidade de carregamento apresentada de carregador para carregador.

Porém, consumidores e fabricantes almejam recargas ainda mais rápidas, e para isso, as grandes marcas vem investindo no desenvolvimento de circuitos integrados, controladores de carga, adaptadores, cabos específicos para resistir à alta performance e softwares inteligentes. A tendência é que a tecnologia se torne amplamente incorporada pelo público, tornando-se cada vez mais popular. É possível acompanhar essa tendência e dinamizar a relação entre usuário e dispositivo, e para isso, o melhor é adquirir produtos de qualidade comprovada, garantindo a compatibilidade entre aparelhos e o máximo desempenho.

Fonte: Intelbras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *